Devemos Buscar Incentivos Para o Setor

Devemos Buscar Incentivos Para o Setor

Falaaaaaa Pessoal dos Desmontes Legais!!!

Após muiiiiitos e Muiiiiitos problemas, para se adequar a Lei dos Desmontes.

Acredito que chegou o Momento de começarmos a fazer cobranças por incentivos do Governo.

Sim, incentivo !!!

Com tantas cobranças ao setor e essa perseguição para encontrar que é legalizado ou não, precisamos iniciar um projeto de incentivo ao setor.

Focando separar e premiar os bons empreendedores do setor.

Com a chegada da Lei dos desmanches, conseguimos abrir portas importantes para o empresário visualizar que é um setor altamente Lucrativo..

Todo empresário, vai visar a lucratividade antes de investir tempo e capital em um determinado empreendimento.

O setor de Auto Peças usadas Movimenta Bilhões, todo ano no brasil.

Porém, Existe Hoje 05 concorrentes desleais no mercado, que muitas vezes inviabiliza ou em alguns casos bloqueando que investidores se arrisquem no setor de Peças Usadas.

01)   Seguro Veicular: Muitas pessoas preferem encontrar uma forma de se desfazer do veiculo para receber o seguro.

É mais lucrativo você ser roubado e receber 100% do valor de tabela de seu veiculo, do que vender em uma concessionaria que paga 30% abaixo da tabela.

 

02)   Excesso de Multas: Sem Nenhum incentivo do Governo para regularização de multas, que muitas vezes supera o valor comercial do veiculo, Muitos proprietário acaba desmontando o veiculo e vende as peças por qualquer preço na tentativa de recuperar um pouco do capital investido.

 

 

03)   Veículos Roubados: Muito veículo roubado, acabam sendo desmontados para a venda de suas peças em lojas ilegais ou pela internet.

 

04)   Leilões de Veículos Sucata Ferrosa: Alguns veículos são vendidos como sucata ferrosa para “Ferro Velho” no final de vida útil. Porém algumas empresas ao invés de fazer o descarte final a mesma separa alguns produtos e recoloca no mercado automotivo.

 

 

05)   Leilões de Veículos com Documento: Muitos leilões vendem veículos com Documento, que claramente só serve para reaproveitamento de peças. E como isso influência o mercado de peças ??? Simples, Ladrões adquirem esse veiculo, usa o documento em um carro roubado e vende as peças daquele veiculo adquirido no leilão por qualquer preço.

Essa concorrência se torna altamente desleal e compromete muito o crescimento da Lei dos Desmanches.

Até Mesmo para um Desmonte que Desiste do Mercado, Como a Lei dos Desmontes ainda é muito inflexível para quem trabalha corretamente se torna um grande problema se desfazer das peças e as pessoas que estão bem estruturadas no mercado tem dificuldade para comprar esses lotes.

Ou Seja,

Para ampliar e implementa cada dia mais Precisamos de incentivos do governo, como por exemplo:

1)      Todo Veiculo declarado, Sucata devem preferencialmente ser vendido as desmontadoras. Somente quando não há interesse da mesma poderá ser ofertado a empresas de ferro velho.

 

2)      Liberar a compra de Peças e Partes de empresas que emita NF ( Concessionárias, Oficinas Mecânicas e ate mesmo de Clientes Pessoas físicas).

Obs.: Hoje os desmontes tem a estrutura mais qualificada para destinação de material automotivo, contando com área de descarte, Responsável técnico e outros.

 

3)      Facilitar a compra de veículos com excesso de Multas, Exemplo: Veículos que tenha acima do valor de mercado do mesmo poderia ser baixados com o pagamento de 20% do valor de mercado, Isso viabilizaria para as desmontadoras a aquisição do veículo e ajudaria os proprietários a sair da inadimplência.

Tomando medidas simples poderemos diminuir a quantidade de veículos roubados e gerar muito mais lucratividade ao setor de desmontagem veicular, onde possibilitaria uma lucratividade maior do setor que poderia investir na qualificação da sua empresa.

Comente isso! Comentar

  • Avatar de Pedro Martins
    por Pedro Martins em 02/08/18 15:32

    Muito bom amigo, agora é melhorar cada vez mais.

    Responder
    • Avatar de Pedro Martins
      por Wellington em 02/08/18 15:33

      Obrigado, vamos juntos melhorar e vender cada vez mais, Pedro

      Responder